Páginas

16 de abril de 2012

O Dragão do Santinho




Estamos acostumados com as aves da Serra Catarinense, em especial com as da Reserva e quando avistamos esta espécie na Praia do Santinho, na ILha de Santa Catarina, na hora nos veio na ideia o Tecelão (Cacicus chrysopterus), pelo porte, bico, e tal. Mas erramos por pouco, pois é da família Icteridae o nosso Dragão.

O marrom da cabeça e peito tem um claro fundo esverdeado - daí o nome virescens = esverdeado. Além disso, o amarelo da barriga é invadido pelo marrom dos flancos, que via de regra fica algo escondido embaixo das asas, como observou nosso amigo Vítor Piacentini no Wikiaves.

Mede 24 centímetros e ocorre somente no Sul do Brasil.

Monogâmico, o casal estabelece um território durante o período reprodutivo, embora conste que o casal pode receber ajuda de indivíduos pertencentes ao mesmo bando. A fêmea constrói sozinha o ninho em meio a tufos de taboa (Typha latifolia,Cyperus sp. e outras), a cerca de um metro do chão. O ninho é feito com fibras vegetais reforçado com barro na base. A postura consta de 3 a 4 ovos brancos ou rosados com manchas castanhas. Tem em média 2 ninhadas por estação com 3 ovos cada uma.

Fonte: Wikiaves

Nenhum comentário: